O homem simples agropecuarista que virou uma história chamada Mario Barboza

por Amauri Zanforlim, 21/09 às 23:16 em Notícias

MARIO BARBOZA nasceu em 22 de fevereiro de 1933 no município de Terra Roxa-SP, sendo o quarto filho de uma família de dez irmãos do casal José Barbosa e Jerônyma Margarida de Souza Barboza.

Sempre voltado com as lides do campo, desde cedo trabalhou junto com seu pai na fazenda Cotovelo município de Pereira Barreto – SP, de propriedade de José Jorge Junqueira. Pela sua dedicação e em reconhecimento ao excelente trabalho que desenvolvia no ano de 1955, Mario Barboza agora recém-casado, foi convidado para trabalhar como administrador na Fazenda Sitio Grande de propriedade de Otavio Almeida Prado em Rubiácea.

Do casamento com Aracy Fernandes Barbosa ¨ in Memoriam¨ nasceram os filhos: Vera Lucia, Elza Lucia e José Francisco Barbosa já falecido. Aracy veio a falecer precocemente em novembro de 1969 aos 29 anos ,em decorrência de complicações de um ferimento ocasionado pelo desmoronamento, após um temporal, da Igreja matriz do município de Rubiácea.

Casou-se com Maria Albuquerque (D. Lourdes) e tiveram um filho; Mario Augusto Barboza. Com Elinete Marchioli teve uma filha Chaielen Marchioli Barbosa.

Homem de grande valor e com grande conhecimento no setor agropecuário com apenas o curso primário , após muito esforço e trabalho, Mario Barboza comprou os Sítios São Pedro e São Francisco, localizados no Bairro Guararema no município de Rubiácea.

Dentre suas atividades agrícolas se destacava como arrendatário na produção de milho e algodão e também produzia leite em sua propriedade e ainda paralelamente continuava a administrar as fazendas Sitio Grande e Santa Izabel agora propriedade de Nelson Junqueira, Osorio Junqueira e Mario Augusto Junqueira que os tinham em mais alta estima e consideração.

Sempre procurou prestigiar os trabalhadores de Rubiácea onde buscava mão de obra para realização dos serviços da fazenda. Participava ativamente das atividades sociais de Rubiácea principalmente como colaborador e também organizador das festas de rodeio e das quermesses de Rubiácea, do Bairro Caramuru e também da Fapig em Guararapes. Querido por todos moradores de Rubiácea sempre foi admirado por sua simplicidade e generosidade não negando ajuda a aqueles que o procuravam.

No ano de 2000, pensava em ingressar na vida política de Rubiácea, com a pretensão de filiação partidária, quando veio a falecer de forma trágica com 67 anos 
.
É por todos esses feitos que " MARIO BARBOZA recebe esta justa e merecida homenagem , emprestando seu nome para denominação " MARIO BARBOZA " a rotatória de acesso a cidade de Rubiácea, através da Estrada Vicinal Pedro Lucas Pereira RBC-020.

Mario Barboza, com seu trabalho e dedicação, será sempre um exemplo para seus filhos e netos sendo um eterno apaixonado pela nossa querida Rubiácea. Era um homem estimado pelo seu espírito conciliador, sua alegria e acima de tudo sua simpatia o fez uma pessoa especial sendo admirado e querido por todos.

Tags:   mario-barboza



 Desenvolvido por Ligue Site Araçatuba